Instituições têm até 4 de setembro se inscrever no Pisa para Escolas

0
24

O Programa Internacional de Avaliação de Estudantes para Escolas (Pisa-S), da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) está com inscrições abertas até 4 de setembro. As instituições de ensino particulares interessadas em participar devem acessar o site da Fundação Cesgranrio para formalizar suas intenções e fornecer os dados solicitados. As avaliações serão aplicadas entre 16 de outubro e 20 de novembro de 2023.

O programa voltado às instituições é uma prova pensada para que as escolas avaliem seu desempenho em uma escala internacional. Seguindo os moldes do Pisa e com adesão voluntária, são avaliadas habilidades e competências nos campos de Leitura, Matemática, Ciências e habilidades socioemocionais dos alunos de 15 anos. A avaliação já foi aplicada em 10 países e está no Brasil desde 2017 graças a um acordo entre a OCDE e a Fundação Cesgranrio, que aplicará a prova em território nacional. A Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP) apoia a iniciativa e convida as instituições de ensino a participarem.

“Com o Pisa para Escolas, o gestor passa a contar com uma referência internacional para aprimorar ainda mais a qualidade do trabalho que a sua escola já faz”, comentou o diretor da FENEP, Pedro Flexa. “As escolas filiadas podem contar com o apoio e orientação da FENEP para aproveitarem ao máximo essa oportunidade de ter acesso a informações valiosas”, completou

Professores e líderes educacionais precisam de informações significativas e confiáveis para avaliarem o nível de preparo de seus alunos para a vida e para o trabalho. Muitos gestores avaliam a aprendizagem dos alunos com base nas expectativas locais ou nacionais. Entretanto, em uma economia global, as referências de sucesso educacional não consistem mais somente em padrões nacionais, mas também aqueles estabelecidos pelos sistemas educacionais e escolas com o melhor desempenho no mundo.

Em quase duas décadas, o Pisa analisou a qualidade, equidade e eficiência de sistemas educacionais de mais de 80 países e economias que, juntos, somam nove décimos da economia mundial. Por meio do programa, escolas e países podem aprender uns com os outros. Esses sistemas educacionais que conseguiram garantir resultados de aprendizagem igualitários e sólidos e atingir melhorias rápidas demonstram o que se pode alcançar.

Perguntas frequentes:

O que é o Pisa-S?

Semelhante à avaliação internacional do Pisa, o Pisa para Escolas mensura o conhecimento e as competências de leitura, matemática e ciências de alunos de 15 anos. Também avalia suas atitudes com relação à aprendizagem e à escola, bem como os ambientes de aprendizagem. Essas avaliações aferem não apenas se os alunos são capazes de reproduzir o que aprenderam, mas também sua capacidade de extrapolar o que sabem e aplicar seus conhecimentos em novos contextos.

Quais são os critérios de participação do Pisa-S?

Podem participar alunos de instituição de ensino que tenham entre 15 anos e 3 meses e 16 anos e dois meses na data da aplicação da prova. É preciso que a escola tenha entre 42 e 85 alunos nesse perfil para estar habilitada, mesmo que o quantitativo esteja em mais de uma unidade escolar. Para obtenção dos resultados é necessário da adesão de pelo menos 80% dos alunos indicados.

Qual objetivo do Pisa-S para as escolas participantes?

O PISA-S contribui para o desenvolvimento de uma avaliação dos conhecimentos, competências e habilidades que são relevantes no mundo atual e incentiva experiências inovadoras de aprendizagem. Seu foco está na solução colaborativa de problemas, desenvolvimento da criatividade, autonomia e pensamento crítico dos estudantes.

Quais são as vantagens de participar do Pisa-S?

Entre as vantagens para as escolas estão:

1 – a mensuração das habilidades e competências de seus alunos em matemática, leitura e ciências, enfatizando a solução de problemas de modo inovador e criativo;

2 – o empoderamento das lideranças escolares oferecendo um relatório detalhado acerca do desempenho dos estudantes e informações valiosas sobre o ambiente obtidas por meio de questionários;

3 – o estímulo e a criação de oportunidades de articulação de comunidades globais de aprendizagem entre líderes escolares, professores e gestores educacionais de diferentes países.

Como participar do Pisa-S?

As escolas interessadas em participar devem se inscrever no site da Fundação Cesgranrio ou através do e-mail pisaparaescolas@cesgranrio.org.br até 4 de setembro, realizando o pagamento de R$ 20 mil apresentando a totalidade dos alunos matriculados com suas respectivas datas de nascimento, independentemente da idade, nas séries que compõem a avaliação do Pisa para Escolas (7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio). Cada instituição participante deve ter 21 computadores disponíveis simultaneamente para realização da prova e disponibilizar três dias para aplicação: o primeiro para preparação e instalação da plataforma, o segundo para aplicação das provas para todos os alunos selecionados, e o terceiro para reaplicação aos faltosos.

Fonte: Fenep

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here