Sindesp-MG celebra 35 anos de atuação no mercado de segurança privada mineiro

0
104
João Diniz, presidente da CEBRASSE (Fotos Robson Mariz)
João Diniz, presidente da CEBRASSE (Fotos Robson Mariz)

Presidente da Cebrasse esteve no jantar de comemoração e foi homenageado pelo sindicato em virtude do trabalho que realiza na defesa do setor de serviços e na profissionalização do setor de segurança privada e combate à segurança clandestina.

No último dia 18 o Sindesp-MG celebrou 35 anos de existência. A entidade, que foi criada para representar as empresas de segurança privada no estado de Minas Gerais, tem lutado incansavelmente no desenvolvimento e profissionalização do setor. Desde então, muitas lutas foram enfrentadas e vitórias importantes foram acumuladas nessas mais de três décadas.

O presidente da entidade, Edson Pinto Neto, falou sobre a importância da entidade e de como ela transformou o setor de segurança privada em um segmento confiável, tanto para quem contrata os serviços como para a sociedade em geral, que conta com uma força de segurança treinada e capaz de proteger patrimônios e pessoas.

João Diniz e Renato Fortuna (Foto: Robson Mariz)
João Diniz e Renato Fortuna (Foto: Robson Mariz)

“Neste dia tão especial no qual comemoramos os 35 anos de sucesso do Sindesp de Minas Gerais, estamos conscientes que o nosso foco tem sido sempre fazer o nosso melhor, trazendo visibilidade para o segmento como um todo, sabemos muito bem do desafio que é manter uma equipe coesa, unida e vencedora, equipe essa que vem buscando proximidade com órgãos fiscalizadores para combater a clandestinidade no segmento e um acompanhamento junto ao legislativo para aprovação do estatuto da Segurança Privada. Todo o sucesso que alcançamos é fruto de um trabalho árduo, no qual acreditamos sempre em um futuro promissor. Que esta filosofia possa continuar nos guiando durante muitos anos”, declarou durante o jantar comemorativo realizado no tradicional Automóvel Clube de Minas Gerais.

O presidente da Central Brasileira do Setor de Serviços, João Diniz, participou da comemoração e foi homenageado pelo papel que desenvolve à frente da Cebrasse. A entidade, que representa 940 mil empresas, mais de 9,1milhões de empregos de trabalhadores formais, o que representa 20% dos empregos formais (CLTs) do Brasil. Além disso, são empresas com mão de obra intensiva, ou seja, grandes empregadores. A Central também vem se consolidando na representatividade da prestação nacional de serviços – atividade produtiva que compõe 72% do Produto Interno Bruto do país.

“Nós estamos trabalhando intensamente para que a o setor de serviços seja reconhecido pelo que é: maior empregador do país. Além disso, é um setor que atua com terceirizações, uma opção que permite que os negócios mantenham foco em suas atividades fim, sem se preocupar com áreas como segurança patrimonial ou manutenção. Para tanto, atuamos fortemente com a formação da nossa mão de obra, sempre buscando tecnologias e participando dos debates importantes do país que afetam diretamente o setor, como os casos das reformas trabalhista e tributária. Ficamos felizes com essa homenagem, que nos impulsiona a lutar ainda mais o setor de serviços no Brasil”, avaliou Diniz.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here