FHORESP Experience é palco de anúncio do Ministro Márcio França sobre programas econômicos ao setor

0
57
O Diretor Executivo da FHORESP, Edson Pinto; e o Ministro Márcio França na abertura do evento
O Diretor Executivo da FHORESP, Edson Pinto; e o Ministro Márcio França na abertura do evento

Na última semana, nos dias 24 e 25/04, a FHORESP e o SinHoRes Osasco – Alphaville e Região realizaram a FHORESP Experience, durante a 7ª Expotel, no Centro de Convenções Frei Caneca.

A FHORESP Experience proporcionou aos visitantes uma imersão em inovações do mercado, novas tecnologias, empreendedorismo e gestão, perspectivas para o setor de Hospedagem e Alimentação, além de muito network.

Para isso, foram mobilizados mais de 50 nomes nacionais e internacionais entre expositores, palestrantes e parceiros em mais de 30 horas de conteúdo. A programação contou com Aulas Magnas, Gastronomia Show, Coquetelaria Show e Hotelaria Show. Foram empresários, lideranças, gestores da hotelaria, pesquisadores, chefs de cozinha e bartenders premiados interagindo com os participantes da FHORESP Experience e passando conteúdo de qualidade de forma interativa.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado obtido, tanto do ponto de vista do conteúdo, como número de participantes e resultado em negócios aos nossos patrocinadores. Nossas metas foram atingidas e estamos prontos para crescer no próximo ano”, afirmou o presidente do SinHoRes e Diretor Executivo da FHORESP, Edson Pinto.

A abertura do evento contou com a presença do ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, quando anunciou ao trade de turismo programas de linha de crédito e de renegociação de dívidas para micro e pequenos empresários, o Desenrola Pequenos Negócios e o Procred 360.

 

 

As medidas de recuperação econômica atendem reivindicação da FHORESP, que se reuniu com o Ministro em dezembro de 2023, quando solicitou um programa de renegociação de dívidas para pequenos hotéis, bares e restaurantes que se socorreram de bancos e programas do governo durante a pandemia.

Durante a FHORESP Experience também foi anunciado em primeira mão, extensão do prazo até outubro de 2024, para os profissionais do setor realizarem o curso obrigatório de capacitação previsto no Protocolo Não Se Cale, que obriga o acolhimento de mulheres em situação de risco. Essa foi mais uma solicitação atendida da FHORESP, que reivindicou aumento do prazo em reunião com Luiz Orsatti, Diretor Executivo do Procon-SP, no início de abril.

Além do curso, o Procon-SP segue com rigorosa fiscalização e os estabelecimentos que não tiverem cartazes oficiais sobre a lei em local visível para todos, além dos banheiros destinados ao público feminino (clientes e funcionárias) poderão sofrer penalidades. O Protocolo Não Se Cale foi criado pelo Governo de SP para reforçar as estratégias de proteção das mulheres em estabelecimentos privados e públicos, padronizando formas de acolhimento e suporte do poder público.

O debate sobre o Protocolo Não Se Cale aconteceu em palestra ministrada por Alessandra Calabresi, Consultora Jurídica da FHORESP, que contou também com a presença de Frank Hideki Kiryu, Assessor da Diretoria de Fiscalização do Procon-SP; de Sandra Jardim, Procuradora de Justiça e advogada; Teresinha Neves, advogada e ex-Secretária Executiva de Políticas para a Mulher do Estado de São Paulo; e Daniele Campos, Prof.ª. de Letramento Racial e Pautas Antidiscriminatórias, Colaboradora das comissões OAB/SP e Assessora nas pautas raciais na GNT.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here