Abralimp orienta como realizar limpeza profissional economizando água

0
20

A água é um recurso natural fundamental para a atividade de limpeza profissional e para a vida. Por isso, empresas em todo o mundo procuram ter iniciativas que visem a redução do seu desperdício. Em meio à crise hídrica no país, que exige um consumo mais consciente de água, a Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp) traz orientações para uma limpeza mais eficiente.

Equipamentos amplamente utilizados na limpeza profissional, como as lavadoras de alta pressão, podem gerar uma economia considerável. Um estudo efetuado pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) aponta que uma mangueira de jardim consome 0,66 litros de água por segundo (ou 2.400 litros de água/ hora). Na atividade de limpeza profissional, é possível substituí-la por uma lavadora de alta pressão, em que o consumo cai para 500 litros de água/hora, gerando uma economia de 80%.

Outra possibilidade de redução de consumo é por meio de produtos químicos concentrados, que possuem diversas vantagens como o consumo reduzido de água em sua produção e o índice de eficiência maior. Existem diversas opções de produtos químicos com diluições variadas. Há a diluição de 1:10, assim como há de 1:100 ou mesmo de 1:300.

“Uma das principais premissas para economizar água na limpeza é ter uma equipe preparada para o uso correto de equipamentos e produtos com a sustentabilidade em seu DNA”, indica Guilherme Salla, diretor de Sustentabilidade e Responsabilidade Social da Abralimp.

De acordo com ele, a limpeza profissional sempre olha para o menor consumo de água possível dentro de uma operação. “Para isso, a utilização de produtos e equipamentos de linha profissional ajudam muito no consumo consciente de água. Como exemplo estão as hidrojateadoras e produtos que não necessitam de enxágue”, destaca.

Outro ponto importante, segundo o diretor da Abralimp, é o treinamento das equipes. Sem treinamento, dificilmente o profissional higienizará o ambiente de forma eficiente, conforme esperado. “É preponderante um planejamento da operação para que uma equipe técnica avalie os procedimentos, produtos e ações”, avalia.

Confira algumas dicas da Abralimp para a economia de água:

:: A substituição de mangueiras por lavadoras de alta pressão ou hidrojateadoras, que consomem até 70% menos água e oferecem uma limpeza mais eficiente em questão de qualidade, é uma das alternativas de reduzir o consumo de água.

Utilização de produtos químicos que não necessitam de enxágue. Atualmente, no mercado, é possível encontrar este tipo de produto que ajuda muito na redução do consumo de água.

:: Definir, em conjunto com um especialista ou empresa de limpeza profissional, a real necessidade de lavar diariamente áreas como calçadas, acessos etc. Muitas vezes, é possível espaçar o cronograma de atividades e continuar com uma boa qualidade de entrega de limpeza.

Fonte: Abralimp

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here