APM promove graduação de Tecnologia em Gestão Hospitalar do IESAPM

0
10

Um dos diferenciais do Instituto de Ensino Superior da Associação Paulista de Medicina (IESAPM) é contar com profissionais que dedicaram suas carreiras e estudos ao setor da Saúde. Desta forma, a instituição – que está com processo seletivo aberto para o primeiro curso de graduação presencial, de Tecnologia em Gestão Hospitalar – está preparada para direcionar o estudante, imediatamente, para o mercado de trabalho.

O superintendente de Estratégia e Marketing da APM, Jorge Corrêa de Assumpção Neto, acredita que o mercado da Saúde no Brasil tem um potencial imenso. “Há um setorial muito forte em termos de investimentos, bastante percebido no segmento das healthtechs”, afirma o especialista, que também é professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Para ele, sejam nos hospitais e serviços de Saúde ou nas operadoras, há um investimento amplo ocorrendo no segmento, o que significa uma expectativa de qualificação e de oportunidades. Ilustrando seu comentário, ressalta que grandes empresários e investidores do mundo – como o brasileiro Jorge Paulo Lemann e o estadunidense Warren Buffett – têm canalizado esforços para a Saúde.

“No caso do Brasil, a saúde suplementar representa uma massa de recursos muito grande, comparada ao sistema público, e vemos muitas oportunidades. De maneira geral, entretanto, faltam profissionais habilitados, qualificados e com conhecimento setorial específico. Vejo essa perspectiva como algo importante e oportuno no âmbito da educação voltada à gestão da área”, argumenta o superintendente da APM.

Vantagens do IESAPM

O intuito do IESAPM é replicar o DNA da Associação, voltado para a qualificação da assistência em Saúde, a todos os seus cursos – de extensão, graduação, pós-graduação etc. “Quanto mais aperfeiçoamento e conhecimento qualificado, maior a competência, seja no segmento da gestão, seja no assistencial. No caso do Instituto, incorporamos um corpo docente com alto nível, formado por mestres e doutores. A expectativa é que esse desenvolvimento consolide a imagem da instituição, a exemplo do que ocorreu com a APM em seus quase 91 anos”, diz Assumpção.

Antes mesmo do lançamento de sua primeira graduação, o IESAPM já vinha trabalhando com cursos de extensão, com experiências muito bem-sucedidas. O primeiro implementado, uma capacitação básica em Telemedicina, teve uma adesão muito grande, sobretudo por ter sido oferecido no início da pandemia, quando os médicos passaram a incorporar esses conhecimentos.

“O curso de análise estatística em pesquisa clínica, nosso segundo, também trouxe muito interesse, principalmente entre pesquisadores, à medida que os médicos e profissionais da Saúde em geral carecem de orientação e diretrizes específicas e resumidas para esse tipo de procedimento”, conta o professor da FGV.

Mais recentemente, houve o lançamento de um curso de imersão no manejo do paciente com Covid-19, que também alcançou muito sucesso rapidamente. “Se trata de um curso que atende ao momento e à expectativa de conhecimento imediato.”

A ideia, segundo o especialista, é que esses cursos sejam reciclados ao longo do tempo, incorporando as melhores evidências científicas, e que novos surjam. “Já estamos desenvolvendo a segunda versão da capacitação em Telemedicina. Além disso, teremos um sobre Telessaúde, permitindo que outros profissionais possam se qualificar”, finaliza.

As informações e inscrições podem ser obtidas pelo endereço iesapm.org.br/graduacao/presencial.

Fonte: APM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here