Abralimp e Anvisa publicam posicionamento sobre o uso indiscriminado de desinfetantes hospitalares

0
99
Abralimp E Anvisa publicam posicionamento sobre o uso indiscriminado de desinfetantes hospitalares

A Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acabam de publicar um posicionamento sobre o uso indiscriminado de desinfetantes hospitalares fora dos ambientes de assistência à saúde.

De acordo com o comunicado, foi observado o aumento do uso de desinfetantes para combater a transmissão do vírus SARS-Cov-2. Nesse momento, também foi observado uma acentuada utilização de desinfetantes de uso hospitalar, destinados a ambientes de assistência à saúde, em áreas públicas de uso geral, como shopping centers, academias, hotéis, condomínios, transportes públicos etc.

Neste contexto, as entidades reforçam que “não é permitido o uso de desinfetantes hospitalares fora de ambientes de assistência à saúde e que as empresas que vendem e recomendam o uso dos produtos dessa maneira estão cometendo infrações sanitárias, bem como os consumidores finais”.

O documento explica ainda que “dentro das categorias, temos os desinfetantes de uso geral e os desinfetantes de uso hospitalar, cada um deles tem uma aplicação específica”. Vejam abaixo:

Uso Geral – Produtos de uso doméstico, institucional ou industrial, destinados a serem aplicados sobre os objetos, superfícies inanimadas e ambientes. Devem apresentar testes de eficácia frente a Staphylococcus aureus e Salmonella choleraesuis.

Uso Hospitalar – Produtos para uso em ambientes, pisos, paredes, mobiliários e artigos (objetos, equipamentos e acessórios) utilizados exclusivamente em hospitais e estabelecimentos relacionados com o atendimento à saúde. Devem apresentar testes de eficácia frente a Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis e Pseudomonas aeruginosa.

Para conferir a posição na íntegra, clique aqui.

Fonte: Abralimp

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here