Gestão de Indicadores: o segredo para a sobrevivência e crescimento empresarial em um mercado competitivo

0
106
Celso Toshio Saito, da Facilities Insight
Celso Toshio Saito, da Facilities Insight

Durante um workshop realizado na Cebrasse no último dia 14, o facilitador de workshops Celso Toshio Saito, da Facilities Insight, ressaltou a importância da adoção de Gestão de Indicadores para empresários que desejam se tornar mais estratégicos e competitivos em um mercado com inúmeras empresas do mesmo segmento e margens extremamente apertadas devido à pressão dos contratantes.

Em um cenário empresarial cada vez mais acirrado, ter acesso a informações precisas e relevantes é fundamental para o sucesso de um negócio. Os indicadores, quando bem aplicados, permitem que as empresas monitorem seu desempenho e identifiquem oportunidades de melhoria, o que pode resultar em escopos mais atrativos para os clientes, aumentando assim a retenção e longevidade dos contratos.

Dentre os principais indicadores mencionados pelo especialista estão:

1. Monitoramento do desempenho: através desse indicador, as empresas conseguem identificar pontos de melhoria em seus processos, tornando-se mais eficientes e preparadas para enfrentar os desafios do mercado. Além disso, ao propor escopos mais atraentes para os clientes, a empresa pode se destacar em meio à concorrência acirrada.

2. Turnover (rotatividade): a alta rotatividade de colaboradores ou clientes pode gerar custos elevados com reposição, além de causar stress e riscos operacionais. Ao acompanhar esse indicador de perto, as empresas podem implementar ações para melhorar o ambiente de trabalho, aumentar a satisfação dos colaboradores e, consequentemente, reduzir o turnover.

3. Índice de satisfação do cliente: manter os clientes satisfeitos é essencial para a sobrevivência de qualquer negócio. Através do acompanhamento constante do índice de satisfação do cliente, as empresas podem identificar problemas em seus produtos ou serviços e tomar medidas corretivas antes que seja tarde demais, evitando assim a perda de contratos importantes.

4. Identificação de tendências e antecipação de problemas: a análise de indicadores permite que as empresas identifiquem tendências no mercado e antecipem problemas futuros. Dessa forma, elas podem se preparar para enfrentar os desafios que surgirão e até mesmo encontrar oportunidades para se destacar da concorrência.

5. Margem de lucro: conhecer a margem de lucro é essencial para otimizar os custos operacionais e a alocação de recursos. Ao acompanhar esse indicador de perto, as empresas podem identificar áreas onde estão gastando demais e buscar formas de reduzir custos, aumentando assim sua lucratividade.

Ao adotar a Gestão de Indicadores, as empresas se tornam mais ágeis, flexíveis e preparadas para enfrentar os desafios do mercado. Com informações precisas em mãos, elas podem tomar decisões estratégicas que as coloquem à frente da concorrência, mesmo em um cenário de forte competição e margens apertadas.

Portanto, a mensagem do workshop é clara: investir na gestão de indicadores é um passo fundamental para a sobrevivência e crescimento sustentável de um negócio nos dias de hoje. Os empresários que souberem aproveitar o poder dessas informações estarão mais bem preparados para enfrentar os desafios do mercado e conquistar o sucesso em seus empreendimentos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here