Posse da nova Diretoria da AMB abre caminho seguro para a união das entidades médicas

0
28

O requintado Palácio Tangará, um dos mais belos espaços de eventos da  capital paulista, foi palco de um momento de gala da Medicina do Brasil, na noite de 19 de janeiro de 2024. Lideranças médicas de todo o país, gestores, membros da Academia de Medicina, respeitadas autoridades em política de saúde, além de representantes de organizações de prestígio da sociedade civil, marcaram presença na cerimônia de posse da diretoria da Associação Médica Brasileira para período 2024 – 2026, bem como dos 27 presidentes e diretorias das Federadas da AMB.

O anfitrião César Eduardo Fernandes, presidente do triênio 2021-2023, reconduzido à cadeira em razão da vitória da Chapa Nova AMB para os Médicos, teve a seu lado, compondo a mesa solene, o presidente recém-eleito da Associação Paulista de Medicina, Antonio José Gonçalves; este último representando o conjunto de Federadas da AMB. Ambos recepcionaram e cumprimentaram um a um os novos diretores da Associação Médica Brasileira. Eles ainda receberam os presidentes das 27 Federadas, parabenizando-os, diplomando-os, e empossando-os simbolicamente.

Mesa de altíssimo nível

A cerimônia teve à mesa quadros de elevado prestígio da Medicina e da Saúde. Ao lado de César Eduardo Fernandes e Antonio José, perfilavam o secretário de saúde do Estado de São Paulo, Eleuses Vieira de Paiva, representando também o governador Tarcísio de Freitas, a presidente da Academia Nacional de Medicina, Eliete Bouskela, o secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Felipe Proenço de Oliveira, representando a ministra Nísia Trindade, a presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo, Patricia Vanzolini, o conselheiro Carlos Magno Pretti Dalapicola, representando a presidência do CFM, e o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, Ângelo Vattimo.

Após a apresentação de vídeos institucionais da AMB e da APM, enfatizando os avanços de anos recentes, foi aberta a palavra para que cada um deles registrasse impressões sobre o novo período que se abre para o associativismo do Brasil. Unanimamente, externalizaram votos de sucesso e teceram elogios em reconhecimento ao belo trabalho realizado entre 2021 e 2023 pela Associação Médica Brasileira.

Mais importante ainda foram os discursos que tiveram como tônica a imperiosidade e relevância de o movimento médico unir forças em torno de bandeiras urgentes, como o combate à abertura indiscriminada de escolas de medicina, a importância de ampliação de investimentos em saúde, a defesa do ato médico, entre outros pontos.

O presidente da AMB, César Eduardo Fernandes, abria assim o caminho para a união das entidades médicas e dos médicos em torno de pontos convergentes e inadiáveis. Esta, aliás, foi a linha das mensagens de Antonio José Gonçalvez, Ângelo Vattimo, Carlos Megno, Eliete Buskela à seleta audiência. A presidente da OAB, Patricia Vanzolini, também abordou o ponto e firmou que a classe médica terá a Ordem a seu lado em todas as lutas que possam se transformar em qualidade para a assistência aos brasileiros.

Eleuses Paiva e Felipe Proenço de Oliveira registraram que os governos do Estado e Federal estão de portas abertas e interagindo ininterruptamente com os médicos do Brasil. Foi evidenciado pelos dois que o diálogo e o debate propositivo de ideias, de forma respeitosa e buscando avanços, é salutar. É mesmo hora de deixar para trás arroubos de intolerância que nos fizeram retroceder demais em anos recentes.

Ao concluir os ritos de posse, antes de recepcionar seus pares e autoridades em um jantar, César Fernandes agradeceu aos 54 presidentes das Sociedades de Especialidade, aos presidentes e representantes das Federadas, aos diretores que então deixavam a AMB para abraçar outros projetos e aos novos diretores.

“Tenho enorme confiança e respeito aos colegas que agora assumem, assim como a certeza de que faremos um trabalho profícuo e exitoso em defesa dos médicos, da boa Medicina e da qualidade da saúde para nossos pacientes. Estaremos sempre abertos ao diálogo e unidos com nossas entidades nas boas causas. Manteremos a AMB distante de questões ideológicas e partidárias. Temos missões urgentes a cumprir: valorizar os médicos e zelar pela saúde de população. Isso passa por conter a abertura desenfreada de escolas médicas sem condição de formar adequadamente”.

Sobre a nova diretoria

Ginecologista e obstetra, o dr. César Fernandes traz consigo uma vasta experiência, tendo atuado também na direção da SOGESP e da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) em três períodos distintos: 1993-1997, 2001-2005 e 2008-2011.

A diretoria da Nova AMB se destaca pela implementação de projetos inovadores, como a Aliança pela Saúde no Brasil (ASB), o Núcleo de Atuação Parlamentar (NAP), o Comitê Extraordinário de Monitoramento da COVID (CEM_COVID AMB), o Programa de Educação para o Médico Generalista do Brasil (PROGEB), o Núcleo de Proteção ao Ato Médico (NUPAM), a Defesa da Mulher Médica e a Defesa Profissional.

Confira a diretoria eleita

Presidente: César Eduardo Fernandes

1° Vice-Presidente: Luciana Rodrigues da Silva

2° Vice-Presidente: Nerlan Tadeu Gonçalves de Carvalho

Vice-Presidente da Região Centro-Oeste: Etelvino de Souza Trindade

Vice-Presidente da Região Nordeste: Bento José Bezerra Neto

Vice-Presidente da Região Norte: Paulo Martins Toscano

Vice-Presidente da Região Sudeste: Cláudia Navarro

Vice-Presidente da Região Sul: Juarez Monteiro Molinari

Secretário-Geral: Florisval Meinão

1ª Secretária: Maria Rita de Souza Mesquita

1° Tesoureiro: Lacildes Rovella Junior

2° Tesoureiro: Fernando Sabia Tallo

Diretor Administrativo: Akira Ishida

Diretor de Comunicações: Luiz Carlos Von Bahten

Diretor Científico: José Eduardo Lutaif Dolci

Diretor de Defesa Profissional: Carlos Henrique Mascarenhas Silva

Diretor Acadêmico: Clovis Francisco Constantino

Diretor de Atendimento ao Associado: José Aurillo Rocha

Diretor de Relações Internacionais: Carlos Vicente Serrano Junior

Diretor Cultural: Rômulo Capello Teixeira

Diretor de Assuntos Parlamentares: Luciano Gonçalves de Souza Carvalho

 

Matéria completa e mais fotos do evento em:

https://amb.org.br/noticias/posse-da-nova-diretoria-da-amb-abre-caminho-seguro-para-a-uniao-das-entidades-medicas/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here