Setor privado pressiona Lira por mudanças em projeto

0
98

Fonte: Valor Econômico | O Globo

Documento com críticas à proposta de mudanças tributárias é enviada ao presidente da Câmara

Uma carta assinada por 120 entidades empresariais e dirigida ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), pede que seja criada uma comissão especial para discutir a reforma tributária e que o texto apresentado pelo governo não avance de maneira “açodada”.

A proposta apresentada pelo governo no fim do mês passado altera regras do Imposto de Renda e atualiza a tabela do IR da pessoa física.

O documento reconhece que o Brasil precisa avançar com propostas tributárias que efetivamente ajudem a criar um ambiente propício ao investimento produtivo e, consequentemente, ao seu desenvolvimento econômico e social. Mas destaca que para isso são necessárias medidas equilibradas, sem agravar ainda mais as atividades produtivas com mais aumento de tributos.

O texto lembra que o Brasil está entre os países do mundo que mais tributam o consumo de bens e serviços, o emprego formal e o lucro dos empreendimentos.

“Não é recomendável que uma proposta tão complexa, extensa e impactante como a Reforma do Imposto de Renda tramite apressadamente, sob risco de serem cometidos graves erros, de difícil reparação futura”, diz o texto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here