Equilíbrio

0
2

Tal qual o seu corpo, que precisa de uma alimentação saudável, exercícios e qualidade de sono, também o seu patrimônio pede uma certa disciplina

Por Roberta Figueira*

A cura está ligada ao tempo e, às vezes, também às circunstâncias” – Hipócrates.

Ao longo dos nossos encontros, traçamos analogias de modo a ilustrar os conceitos financeiros. Hoje, falaremos sobre o seu equilíbrio financeiro. Tal qual o seu corpo, que precisa de uma alimentação saudável, exercícios e qualidade de sono, também o seu patrimônio pede uma certa disciplina.

O dinheiro que ganhamos é fruto do esforço laborativo que fazemos e, por isto, deve ser tratado com critério. Também nas suas finanças, é importante almejar um equilíbrio.

Primeiramente, precisamos ter uma ideia de quanto custa nossa vida. Qual a minha receita por mês? Eu consigo projetar minha receita nos próximos seis meses? Quanto do meu orçamento está comprometido com as minhas despesas recorrentes? Qual a minha capacidade de poupança? Tenho feito escolhas prudentes de como gastar e ou investir meus recursos? Eu entendo o que acontece com os meus investimentos?

Para todas estas perguntas, precisamos ser capazes de obter as respostas. O seu orçamento funciona como o seu corpo, para todo ato há uma consequência direta. Quando comemos mais do que o necessário, engordamos. Quando gastamos mais do que ganhamos, empobrecemos. Simples assim.

Sabem quando o paciente precisa fazer dieta e se permite pequenas e regulares indulgências? O que acontece? Ele não emagrece, não melhora seus índices glicêmicos. O resultado almejado não acontece. Raciocínio análogo com as finanças. Precisamos ter objetivos claros e entendermos em que ciclo de vida estamos. No início da carreira, o esforço e a disciplina de poupar são mais difíceis, porém, recompensadores. Por que? A resposta é o tempo!

Em finanças, existe algo mágico chamado juros compostos! Você pode fazer dele o seu aliado ou o seu pior pesadelo. Os juros compostos são a aplicação de juros sobre juros. Que podem incidir sobre o lucro dos seus investimentos ou sobre os juros da sua dívida. É necessário estar do lado certo desta mesa, para se obter a prosperidade almejada.

Dívidas corrigidas a juros compostos podem virar uma bola de neve, bem como aplicações financeiras podem ser muito rentáveis. De forma extremamente simplista, meramente matemática, assumindo que o seu dinheiro esteja aplicado e esta aplicação renda 8% a.a, é matematicamente possível afirmar que em nove anos o valor investido dobrará.

Existe uma máxima que diz “dinheiro não aceita desaforo”, por isso, é necessário criar o salutar hábito de poupar. Cada indivíduo tem a sua capacidade de poupança e, como toda nova rotina, no início haverá dificuldade, dúvidas e tentações.

Para obter bons resultados, busque um acompanhamento especializado que guiará sua trajetória. Para colher os benefícios futuros, é necessário começar e fazer as escolhas certas.

Desta forma, beba mais água, coma seus legumes e vegetais e conte com os profissionais especializados da Nobel Capital nesta caminhada.

Roberta Figueira tem 28 anos de carreira, com passagens por grandes bancos do mercado, como CCF, HSBC, Merril Lynch, UBS e Safra. Tem experiência em Gestão de Operações, Valores Imobiliários, Gestão de Ativos e Fundo de Fundos. É planejadora financeira com certificação internacional CFP®, aderindo assim ao código de ética e conduta da profissão com padrão internacional. Em 2022, conquistou o exclusivo selo de Assessoria Private Wealth Planning pela XP Investimentos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here