Sesvesp promove seminário sobre perspectivas econômicas e políticas brasileiros

0
88

Evento será o primeiro de uma série de atividades que pretende estreitar relações de empresários do setor com analistas econômicos

No último dia 25, o Sindicato das Empresas de Segurança Privada, Segurança Eletrônica e Cursos de Formação do Estado de São Paulo (Sesvesp) promoveu o seminário ‘Visão de Futuro’, que contou com as análises do economista e ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda José Roberto Mendonça de Barros e da jornalista, economista e escritora Denise Campos de Toledo.

O presidente da Sesvesp, Flávio Sandrini Baptista, afirmou que o debate é “o primeiro seminário de interesse ao setor da nossa gestão, formato que além de informar o empresariado da segurança privada, estreita relação com personalidades econômicas e políticas nacionais que poderão orientar a condução empresarial”.

Os dois convidados falaram que o ano de 2023 será desafiador, independente de quem vencer as eleições presidenciais desse ano. Ambos também concordam que é essencial para superar a crise atual, e a que se avizinha, investimentos na infraestrutura do país.

“É importante porque esse investimento tem o efeito de melhorar a produtividade do país como um todo – estradas, saneamento etc. – e tem um subproduto indispensável: aumento da construção civil. Nenhum país do mundo cresce sem uma construção civil vibrante”, opinou Mendonça de Barros. Segundo ele, tem segmentos que já estão indo muito bem e têm ocorrido esse investimento, como, por exemplo, o agronegócio, mineração, energia solar e eólica, petróleo. Então, como futuro é totalmente incerto, você investe se acreditar que dará certo“, descreveu.

Na avaliação da jornalista, o Brasil não tem um projeto estruturado. “Muita gente sabe o que deve acontecer, mas não há uma proposta clara, por exemplo, de reforma tributária. E aí o que a gente ouve os candidatos falando é que eles vão corrigir a tabela de imposto de renda e aumentar a faixa de isenção, o que, na nossa opinião, piora o quadro. Agora se for apresentado um projeto viável para a sociedade, que garanta a estabilidade do sistema financeiro e apoio dos analistas e dos empresários, eu acho que isso dá um fôlego adicional nas negociações políticas também”, disse.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here