Temer grava vídeo para pedir punição a criminosos

0
393

Mensagem, sem citar Joesley e articulada com ministros, deve ser divulgada nesta segunda (19) antes de presidente viajar para Rússia e Noruega; Polícia Federal deve encerrar inquérito

Tânia Monteiro, Daiene Cardoso, O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA – Antes de embarcar para a Rússia e a Noruega e à espera de uma denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ainda nesta semana, o presidente Michel Temer gravou ontem um vídeo para ser postado em redes sociais hoje no qual afirma que criminosos não ficarão impunes no País. Ele, no entanto, não cita diretamente o empresário Joesley Batista, da JBS, que colocou, após sua delação premiada, o governo federal em crise.
Temer aproveitou o vídeo para explicar sua viagem para a Europa, que começa na segunda e termina na sexta-feira, e para se defender das acusações de Joesley. Em entrevista à revista Época deste fim de semana, o empresário disse que o presidente é chefe de uma organização criminosa. Joesley obteve da Procuradoria-Geral da República (PGR) imunidade de seus crimes. Na gravação, Temer afirma que questões políticas têm atravancado o avanço da economia. Na Rússia e na Noruega, ele vai tratar de acordos comerciais.
A mensagem foi filmada no domingo no Palácio do Alvorada após o presidente se reunir à tarde, no Palácio do Jaburu, com seus principais ministros para tratar da viagem internacional e desenhar a estratégia de ação enquanto estiver fora do País.