Coluna Esplanada – Recuo Estratégico

0
256

Governo Bolsonaro cede à pressão dos empresários da área de serviços e pisa no freio na Reforma Tributária do Executivo

O barulho do empresariado dos serviços ecoou no Palácio. O governo Bolsonaro recuou da tentativa de acelerar a Reforma Tributária do Executivo e pediu para retirar o regime de urgência para o projeto de lei que cria a Contribuição sobre Bens e Serviços, tributo que unifica PIS-Cofins criando uma alíquota de 12% para o setor e que trancava a pauta de plenário da Câmara a partir de hoje. Os deputados não poderiam mais votar outras propostas até que essa parte da reforma fosse deliberada.

Link da Coluna publicada em 50 jornais do país:

https://odia.ig.com.br/colunas/coluna-esplanada/2020/09/5984711-recuo-estrategico.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here