Presidente da Cebrasse fala para o Jornal da Record sobre distorções da Reforma do IR

0
7337

Em recente entrevista, o ministro da Economia Paulo Guedes e o relator da Reforma do Imposto de Renda Celso Sabino falaram sobre a isenção da tributação de lucros e dividendos pagos por empresas que estão no Simples, com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. Essa proposta aconteceu após diversos segmentos questionar o aumento de impostos que será prejudicial especialmente para as micro e pequenas empresas. O projeto original e o parecer do relator preveem uma faixa de isenção de até R$ 20 mil por mês.

O Simples, com todas as regras diferenciadas, também será mantido no parecer do senador Roberto Rocha na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 110, que trata de impostos que incidem sobre o consumo. A isenção mantida para empresas do Simples beneficia profissionais liberais, como médicos, dentistas e advogados.

Confira Matéria da Record com entrevista do presidente da Cebrasse:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here